QUADRIENAL DE PRAGA – OISTAT no Brasil

 

logooistat.jpg

Foi aprovada na última Quadrienal de Praga, em junho, o pedido dos grupos ABrIC(Associação Brasileira de Iluminação Cênica) e Cenografia Brasil para a filiação do Brasil como membro da OISTAT (Organização Internacional dos Cenógrafos, Técnicos e Arquitetos Teatrais.

O QUE É OISTAT? 

Fundada por oito países em Praga, na Tchecoslováquia, em 1968, a OISTAT funciona como uma cooperativa não-governamental organizada e operada sob o patrocínio da UNESCO. Baseada em Praga de 1968 a 1993, o Secretariado Geral foi transferido para Amsterdã, onde permaneceu até 2005, quando o Conselho para Assuntos Culturais de Taiwan assumiu o subsídio, levando o Secretariado da OISTAT para Taipei, onde ficará por no mínimo dez anos. No início, a intenção era promover o intercâmbio entre os artistas do leste e oeste europeu, mas hoje o principal objetivo é promover oportunidades de cooperação entre as organizações teatrais de todos os países ao redor do mundo. 

Atualmente, a OISTAT é composta por trinta e dois países membros (já com a inclusão do Brasil), quarenta membros individuais de dezoito países (destes quarenta, oito são brasileiros, sendo que seis fazem parte do grupo de trabalho da OISTAT Br) e quatorze membros associados de diferentes países. 

 

COMO FUNCIONA A OISTAT

A organização promove o intercâmbio de idéias e inovações, estimula o aprendizado contínuo e se dedica a encorajar colaborações internacionais de trabalho, sempre com o intuito de respeitar a integridade cultural de cada país e admirando a diversidade. As atividades da OISTAT são coordenadas pela Governança e pelo Comitê Executivo, que se apóiam no trabalho diário do Secretariado. As atividades essenciais da organização são alimentadas por 6 Comissões: ·  Cenografia e campos relacionados

·  Arquitetura Teatral e campos relacionados

·  Tecnologia e campos relacionados·  Educação e Treinamento

·  História e Teoria

·  Publicação e Comunicação 

 

As Comissões se encontram pelo menos uma vez ao ano e as atividades geralmente incluem:

·  Reuniões de trabalho e apresentação de relatórios dos membros.

 

·  Apresentações especiais dos membros relatando atividades relevantes.

·  Apresentações do país anfitrião.

·  Contato com estudantes de teatro.·  Visitas organizadas à performances, wokshops, estúdios de cinema e televisão, teatros e museus.

·  Atividades sociais. 

No próximo post escreverei sobre os grupos AbrIC e Cenografia Brasil e a organização da nova OISTAT Br.

2 Comentário(s)

Compartilhe


  • Gostaria de apresentar um sítio especializado na pesquisa, experimentação e produção do teatro de sombras brasileiro.

    Abraço

    Alexandre Fávero
    Diretor e sombrista
    Cia Teatrop Lumbra e Clube da Sombra LTDA

  • Oi, Alexandre.
    você gostaria de escrever algo sobre o teatro de sombras para o blog vestindoacena? Apresentando o sítio?
    escreva e me envie, que publico.
    Muito obrigada,
    Rosane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *