QUADRIENAL DE PRAGA – OISTAT no Brasil II

Como relatado no post anterior, a Organização Internacional de Cenógrafos, Técnicos e Arquitetos Teatrais (OISTAT) agora possui representatividade no Brasil.

2009- Set. 18-logo-oistatbrpb

A Associação Brasileira de Iluminação Cênica (ABrIC), em parceria com o grupo CenografiaBrasil, teve sua candidatura aprovada pela Comissão Internacional. Desde 2005, várias ações vinham sendo realizadas por estes dois grupos para que conseguissem protocolar sua candidatura junto à Comissão Internacional, em fevereiro deste ano. Em seguida, a OISTAT convidou a Associação para se apresentar publicamente durante a Quadrienal de Praga (PQ), como parte do programa do Congresso anual da Organização.

A exposição foi feita pelo diretor teatral e representante geral da OISTATBr, José Henrique Moreira (ABrIC – RJ) e uma comissão de cerca de doze profissionais representando as duas associações (ABrIC e CenografiaBrasil), além de outros profissionais brasileiros que também estiveram presentes. Mas o Brasil bateu o cartão não só nos eventos da PQ, como nos da Organização, participando inclusive dos encontros de cada Comissão da OISTAT: Arquitetura, Educação, História e Teoria, Publicação e Comunicação, Cenografia (composta pelos grupos de Figurino, Sonoplastia e Iluminação) e Tecnologia.

O Comissário Geral da Quadrienal, Arnold Aronson, disse que a OISTAT é bem estruturada porque é organizada por países e não por indivíduos. E declarou: “Ela não traz sempre os melhores designers ou técnicos de cada país, mas por outro lado, as reuniões são uma chance para que indivíduos de todo o mundo se encontrem, não somente na PQ, mas várias outras vezes no ano. Será muito importante para o Brasil e para a própria OISTAT ter uma sede no país, pois o Brasil tem uma tradição teatral muito longa e excelente. É importante que o resto do mundo veja esta produção. Mais países asiáticos também estão começando a participar e ter estes países e mais a América Central e a do Sul como participantes da organização permitirá uma grande mudança na natureza, na paisagem, do que entendemos como teatro ao redor do mundo.”

As Comissões da OISTATBr já possuem representantes para a organização do início dos trabalhos e a equipe de voluntários tende a crescer. Vários profissionais da área, pesquisadores e professores de diversas universidades fazem parte da organização brasileira.

Nenhum comentário

Compartilhe


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *