Chiharu Shiota – “Em busca do destino” no Sesc Pinheiros

 

O Sesc Pinheiros irá realizar a primeira exposição na América Latina da artista japonesa Chiharu Shiota e pede ao público doações de sapatos e cartas manuscritas com mensagens de agradecimento.  A mostra ficará em cartaz entre os dias 12 de setembro e 10 de Janeiro de 2016.

Chiharu Shiota produz grandes instalações a partir de emaranhados de fios de lã e objetos usados no cotidiano. Por meio de doações de itens pessoais, a artista convida pessoas de todas as idades a participar de suas criações. As doações serão aceitas até o próximo dia 11 de setembro.

Artista Chiharu Shiota

O jornal britânico The Guardian chegou a defini-la como “uma mulher-aranha que escala em torno dos entrelaçamentos do nosso inconsciente”.

A mostra “Chiharu Shiota – Em busca do destino”– que ocorre simultaneamente à participação da artista na 56ª Bienal de Veneza, na qual foi escolhida para representar o Japão – abriga três obras, “Além dos continentes”, “Acumulação” e “Cartas de agradecimentos”, que traçam um percurso em diferentes espaços do Sesc e discutem questões como memórias e trajetórias.

1ª instalação: “Além dos continentes”

Localizada na fachada do Sesc Pinheiros, representa uma introdução à obra de Chiharu Shiota e será formada por 300 pares de sapatos doados, suspensos em fios de lã vermelhos e alinhados na mesma direção, representando trajetórias de vidas: calçados gastos pelo uso carregam as marcas do tempo, tornando-se testemunhas de experiências individuais.

instalação: “Além dos continentes”

2ª instalação: “Acumulação – Em busca do destino”

A segunda instalação ficará localizada no piso térreo do Sesc, apresentando uma inusitada nuvem de malas que flutuam sobre escadas rolantes e se movimentam, acionadas por um sensor, durante a passagem do público, num fluxo contínuo somado ao trânsito natural de subida e descida das escadas. O efeito visual vai sugerir a composição de um universo transitório, temporário, de passagem. As 200 malas foram adquiridas pela artista em Berlim, em feiras de produtos usados e antiguidades.

“Acumulação – Em busca do destino”

3ª instalação: “Cartas de agradecimentos”

A instalação nasceu como um impulso de gratidão da artista por pessoas e contextos pessoais variados, numa tentativa de estimular as pessoas a transporem em palavras sentimentos que, normalmente, são difíceis de verbalizar.

Proposta de modo a transmitir ao visitante a sensação de acolhimento, a obra vai ocupar todo o espaço expositivo do 2º andar do Sesc Pinheiros, construída com as 6 mil cartas coletadas junto ao público brasileiro até agora. As únicas exigências para a participação é que as cartas sejam manuscritas e expressem mensagens de agradecimento, independentemente do motivo. Durante a exposição, as cartas poderão ser lidas pelo público.

Segundo a artista “poucos objetos expõem e escondem, revelam e preservam ou são, ao mesmo tempo, tão públicos e íntimos quanto cartas, malas e sapatos”.

“Cartas de agradecimentos”

Sobre Chiharu Shiota

A artista japonesa nasceu em 1972, em Osaka e mudou-se para Kyoto, iniciando lá seus estudos. Os completou na Alemanha, em Berlim, onde reside há 14 anos e se estabeleceu como um dos nomes mais expressivos das artes visuais na contemporaneidade. Estudou com Rebecca Horn e Marina Abramovic, que motivaram o interesse pela performance em suas primeiras experiências artísticas.

Mais tarde, Chiharu decidiu desenvolver também as instalações de grandes dimensões, caminho este que a inseriu definitivamente no cenário artístico internacional: em experiências mundo afora, ao suspender em cordões, organizar ou empilhar objetos usados como cartas, chaves, camas, malas e sapatos, a artista se afeiçoou a construir verdadeiras teias sustentadas pelo passado e pelo presente, amadurecendo um estilo em que a carga narrativa de suas obras conjuga experiências íntimas compartilhadas e comungadas com o público.

"The Key in the Hand", obra da artista japonesa Chiharu Shiota na 56ª. Bienal Internacional de Veneza.

“The Key in the Hand”, obra da artista japonesa Chiharu Shiota na 56ª. Bienal Internacional de Veneza.

Conheça o Site oficial da artista.

Saiba como colaborar com o processo de criação da artista por meio de doações:

Sapatos

Podem ser de qualquer tamanho, cor e estado de uso. O ponto de coleta fica no piso térreo do Sesc Pinheiros, sendo que a doação pode ser realizada durante o horário de funcionamento da unidade (de terça a sexta, das 10h às 21h30; sábados, das 10h às 21h; domingos e feriados, das 10h às 18h30).

Cartas

Elas devem ser escritas à mão e ter mensagens pessoais, de agradecimento. Além de depositadas no ponto de coleta do Sesc Pinheiros, as cartas podem ser enviadas de outras formas:

Correios

É necessário endereçá-las ao Sesc Pinheiros (Rua Paes Leme, 195, São Paulo-SP, CEP 05424-150) e identificá-las como “Chiharu Shiota – Em Busca do Destino”.

E-mail

Basta enviar a imagem da carta manuscrita para embuscadodestino@pinheiros.sescsp.org.br.

Redes sociais

Publicação da imagem da carta com a hashtag #embuscadodestino.

SERVIÇO:

Exposição: 12 de setembro (abertura). 13 de setembro de 2015 a 10 de janeiro de 2016 (visitação).

Onde: Sesc Pinheiros

Endereço: Rua Paes Leme, 195, Pinheiros – São Paulo – SP

Telefone: (11) 3095-9400

 

Nenhum comentário

Compartilhe


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *