Inspirações de Luciana Buarque: Anish Kapoor

Caligrafia de Dona Sofia-682A historiadora e figurinista pernambucana Luciana Buarque decidiu postar, por ordem alfabética, em seu perfil no Facebook, imagens de artistas que a inspiram. Para nossa sorte, aceitou nosso convite e, assim, se torna colaboradora do Vestindo a Cena, somando suas impressões às obras e nos permitindo acrescentar uma biografia resumida do artista escolhido. E aqui, lá vai sua primeira participação. Que inspire também a muitos ao jogarmos aos quatro ventos!

 

ANISH KAPOOR

(por Luciana Buarque)

O trabalho de Anish Kapoor me inspira pela sua dimensão e pela inusitada forma de ocupação do espaço urbano. Gosto muito de obras majestosas que dialogam com a dureza da cidade grande e nos chamam atenção para o belo.

ANISH KAPOOR (1)

 

 

19

Anish Kapoor Uses Wax Canon To Create Latest Art Work

Essas obras em particular têm o reflexo como constante, o que nos faz olhar a obra e nos olharmos ao mesmo tempo, como se contracenássemos.

 

18

 

 

 

 

 

 

06-lobby-view-008-sq

6

Apesar de adorar seu trabalho, o que me inspira na arte de Anish Kapoor não é a obra em si mas sua imensa ousadia e originalidade.

16

 

 

 

 

É o que busco sempre.

 

BIOGRAFIA

(por Vestindo a Cena)

Anish Kapoor nasceu em Bombaim (Mumbai), Índia, em 1954. É um artista reconhecido internacionalmente e um dos escultores mais influentes de sua geração.

Na Índia, iniciou sua produção artística pela pintura, sendo influenciado por artistas como Jackson Pollock. Logo cedo, porém, migrou para a escultura. Em seus primeiros trabalhos, utilizou a técnica de tridimensionalidade explorando princípios de superfícies e visão ilusória.

Aos 19 anos, passou a viver em Londres, onde iniciou seus estudos na Hornsey School of Art. Em 1977, transferiu-se para a Chelsea School of Art. Sua primeira exposição foi realizada em Paris, em 1980, na Galeria Patrice Alexandre e seu trabalho passou a ser reconhecido dois anos depois, após expor na Walker Art Gallery, em Liverpool.

As obras de Kapoor são frequentemente simples, com formas curvas, normalmente de só uma cor ou coloridas. Em sua maioria, invoca mistérios com as cavidades escuras de seu trabalho, normalmente de tamanho e beleza simples, que captam a atenção do público.  Ele usa pigmento em seus trabalhos e em torno deles. Prática inspirada pelos brilhantes e coloridos pigmentos dos mercados e templos indianos. Depois, seus trabalhos começaram a ser sólidos e muito deles possuíam aberturas cavadas e cavidades, usando opostos como terra-céu, material-espírito, luz-escuridão, visível-invisível, masculino-feminino e corpo-mente. Seus trabalhos mais recentes são baseados em espelhos, refletindo ou distorcendo o público. Desde os anos 1990, produziu diversos trabalhos grandes, incluindo Taratantara (1999), uma obra de 35 metros instalada em Baltic Flour Mills, no Gateshead, Inglaterra.

taratanrara

Em 2000, a obra Parabolic Waters, considerada uma rápida rotação de água colorida, foi mostrada ao lado de fora do Millennium Dome, em Londres.

2

Em 2001, Sky Mirror, um grande espelho que refletia o céu, foi exposto em Nottingham.

800px-skymirror_nyc

 

Em 2004, Cloud Gate, uma escultura inoxidável de aço de 110 toneladas, foi exibida em homenagem às vítimas britânicas no atentado de 11 de setembro em Nova Iorque.

Kapoor representou a Grã-Bretanha na Bienal de Veneza de 1990, quando recebeu o Prémio Duemila; no ano seguinte, venceu o prestigiado Prêmio Turner. A Amostra do Banco do Sul apresentou o primeiro perfil completo dele, em Fevereiro de 1999. As exibições de seu trabalho foram mostradas na Tate e na Hayward Gallery, em Londres; Kunsthalle Basel, na Suíça; Reina Sofia, em Madri; Galeria Nacional, em Ottawa; Musee des Arts Contemporains, na Bélgica; Museu de Arte Contemporânea de CAPC, em Bordéus; e no Centro Cultural do Banco do Brasil, aqui no nosso país. Em 2015, está com duas exposições em cartaz: Anish Kapoor Versailles, no Château de Versailles, França (até 1º de Novembro), e Descension, na Galleria Continua, em San Gimignano, Itália (até 5 de Setembro).

dirty_corner

 

 

 

 

 

 

 

Nenhum comentário

Compartilhe


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *