21 de outubro: Dia da Iluminação

(Enviado por Luis Paulo Nenen para a lista da ABrIC/OISTATBr)

Lâmpada elétrica de Thomas Edison, por Corbis-Bettmann

 Projeto de lei nº. 356/88 homenageando todos os setores profissionais ligados ao setor de iluminação.

A lâmpada incandescente foi inventada por Thomas Alva Edison (1847 a 1931), inventor norte-americano, que, em 50 anos, registrou 1.033 patentes dentre elas o fonógrafo e o microfone de carvão.

Em 21 de outubro de 1879, uma lâmpada brilhou por 48 horas contínuas e, nas comemorações do final de ano, uma rua inteira, próxima ao laboratório de Thomas Edison, foi iluminada para demonstração pública.

“O génio consiste em um por cento de inspiração e noventa e nove por cento de transpiração.” (Thomas Alva Edison)

thomas_edison_1

Thomas Edison, o gênio da lâmpada

 

ADENDO EM 22/10/2010

Assim como ontem coloquei aqui no vestindoacena o e-mail enviado por Nenen sobre Thomas Edison em homenagem ao dia da iluminação, preciso adicionar a esse post a aula que o professor Valmir Perez enviou em seguida ao mesmo grupo de associados. Boa chance para aprendermos e refletir…

 

Infelizmente eu acho que seria legal a gente colocar as coisas no lugar.

Das milhares de patentes de Edson, somente algumas eram deles mesmo. Ele comprou a maioria de outras pessoas.

A lâmpda de filamento de Edson já tinha sido inventada anos antes por vários cientistas, Edson apenas patenteou e, com recursos, fabricou as primeiras.

Quando Edson começou a fabricar a lâmpada elétrica, os sistemas funcionavam com corrente contínua. Nikola Tesla o procurou dizendo que era mais simples e mais barato usar a corrente alternada. Edson ficou muito ensismesmado, pois já tinha fechado acordos com minas de cobre na América do Sul. Todos devem saber que para se transmitir corrente elétrica contínua os cabos devem ser mais grossos. Edson então fez um desafio a Tesla. Disse que lhe pagaria $ 1000.000,00 pela patente se tesla lhe entregasse o projeto do sistema em até 72 horas. tesla entregou em 48 horas e nunca recebeu o dinheiro. Edson então construiu a primeira cadeira elétrica com corrente alternada para provar ao público o quanto ela era perigoso.

Deveríamos sim aprender a história de Tesla nas escolas, pois a corrente alternada devemos a ele. Sabem porque ele desapareceu da história? É simples, porque ele inventou o rádio antes de Marconi, inventou já naquela época (1898) um submarino que funcionava por controle remoto e um sistema de transmissão de energia elétrica sem cabos, o qual estamos testando atualmente.

Tesla tentou conseguir financiamento para o seu projeto de reverberação magnética. Seu projeto possibilitaria que tivéssemos energia elétrica gratuíta. Claro que J P Morgan não o financiou não é mesmo. A troco de que?

Abaixo, para quem se interessar, uma biografia de Tesla. Esse sim um verdadeiro Gênio.

(veja a biografia no link http://www.exatas.com/fisica/tesla.html#juventude)

Nenhum comentário

Compartilhe


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *